Copacabana não é o somente o nome de uma bela e famosa praia brasileira, localizada no Rio de Janeiro. É também o nome da última cidade no noroeste da Bolívia, antes da fronteira com o Peru, um dos locais mais bonitos para se conhecer nesse país.

Seguro viagem geral 300x250

Diferente da sua chará brasileira, Copacabana não é uma praia de fato, porém está localizada às margens do maior lago da América Latina, o Titicaca.

Neste lago podemos visitar a Isla del Sol e a Isla de la Luna, locais sagrados para os povos que ali habitam por serem berços da cultura Inca, sendo consideradas alguns dos locais históricos mais importantes dessa civilização.

Um prato cheio para quem busca se aventurar e conhecer mais sobre os mistérios que cercam a história daqueles que foi o maior império da América pré-colombiana.

VEJA TAMBÉM O QUE VISITAR EM LA PAZ NA BOLÍVIA 

Visitar no inverno ou verão?

Com uma altitude de quase 4000 metros, Copacabana é uma cidade fria, mesmo no verão, então, para os amantes do frio, esta é uma viagem mais que recomendada. Os melhores meses para visitar o Titicaca é entre julho e setembro, durante o inverno.

E para os que não querer pegar a época de chuvas, recomenda-se não visitar o locar entre dezembro e fevereiro. Nesses meses é verão, chove muito o que pode levar a acontecer de algumas atividades ficarem prejudicadas.

Como chegar em Copacabana

Para chegar até a cidade é necessário iniciar a viagem de ônibus a partir de La Paz, que dura cerca de 3h até chegar em San Pablo de Tiquina. Aqui você fará um pequeno trajeto de balsa pelo Titicaca que custa cerca de R$ 2 reais e leva 5 minutos até San Pedro de Tiquina.

Desta cidade você segue de ônibus e em 50 min chegará em Copacabana, totalizando quase 4 horas de viagem. Pode parecer demorado, mas lembre-se de que em todo o caminho você estará em contato com um cenário incrível em uma das belezas naturais mais belas do nosso continente.

VEJA MAIS – HOTÉIS E RESTAURANTES EM COPACABANA, BOLÍVIA

Copacabana, Bolíva

Copacabana é uma cidade pequena, com cerca de 15 mil habitantes, situada na margem do lago Titicaca, que está localizado exatamente na divisa entre a Bolívia e o Peru.

Mesmo sendo uma cidade pequena, é muito comum ver vários turistas transitando por ela. Isso porque a cidade já entrou para o circuito dos locais mais visitados na América Latina.

Porém, mesmo com a presença de muitos viajantes, o ‘ar’ que paira na cidade é extremamente agradável e seus nativos são bastante receptivos com os que decidem passar alguns dias conhecendo o local.

Na Avenida 6 de Agosto, principal da cidade, existem várias lojinhas para quem desejar comprar lembrancinhas ou artesanatos, além de encontrar ali vários restaurantes e agências de turismo, ou seja, é a rua mais movimentada de Copacabana.

O principal atrativo para o viajante que chega em Copacabana é lago Titicaca. Ele é o lago navegável mais alto do mundo, localizado a cerca de 3900 metros acima do nível do mar.

A visão que temos no primeiro contato com o lago é única. Uma vista repleta de belezas naturais, tais como algumas montanhas, a água azul-esverdeada do lago, a prainha e a vegetação típica do local.

Um pouco afastado do lago encontra-se a Avenida 6 de Agosto, onde diversas agências de turismo locais oferecem pacotes para fazer os passeios de barco até os pontos principais do lago.

VEJA TAMBÉM – DICAS PARA VOCÊ PLANEJAR O SEU MOCHILÃO

O que fazer em Copacabana

Na pequena cidade de Copacabana pode-se visitar o Cerro Calvário, que oferece uma vista panorâmica do lago e da cidade, e a Basílica de Nossa Senhora de Copacabana, uma linda e imponente igreja com quase 500 anos de história.

Nas margens do lago você também encontra opções de passeios de pedalinhos ou canoas e são ótimas opções para quem quer se aventurar pelas margens do lago ou para um passeio mais tranquilo em família.

Durante a viagem por Copacabana é recomendado tirar alguns minutos para observar o rico cenário do entorno do lago e vivenciar o ritmo tranquilo que rege a vida dos nativos. Existe todo um charme simplista em torno do lago de águas azuladas.

Outra boa recomendação é observar pôr ou o nascer do sol no lago, você presenciará um visual incrível e contemplará uma aquarela toda colorida tomando conta do céu. Depois de conhecer a pequena Copacabana, agende seus passeios pelo lago.

A Isla del Sol

Os barcos saem diariamente do pequeno cais da cidade e recomenda-se chegar bem cedo, já que o movimento de turistas e viajantes que visitam as ilhas é bem grande.

A Isla del Sol é a mais famosa, pois é onde dizem ter nascido a civilização Inca e onde podemos contemplar a história desse povo retratada nas antigas estruturas e construções que ali encontramos.

Entre elas estão a Fonte del Inca que abastecia o povoado com água potável, uma prova concreta da habilidade dos incas com a engenharia hidráulica, sofisticada em todo o Império.

O sistema utilizado por eles se baseava na gravidade como força motriz para provocar a movimentação da água pelo povoado, algo extremamente sofisticado para a época.

Isla del Sol Copacabana

Outra importante construção é a Escalera del Inca, uma escada construída com requinte e utilizada para acessar o ponto mais alto do povoado. Na ilha também encontramos Templo do Sol, onde cerimônias religiosas eram feitas em homenagem ao Deus Sol, símbolo do poder Inca.

Há também o Complexo de Pilkokaina, conjunto de ruínas onde podemos visitar o lindíssimo Palácio Del Inca, além de antigas mesas de sacrifícios. Realmente, um passeio interessante para os que têm interesse em conhecer melhor a origem dos Incas.

A trilha que corta a Isla del Sol e ilha de norte a sul é uma dos mais bonitos percursos que se pode realizar no altiplano boliviano. Essa trilha é chamada pelos nativos de Ruta Sagrada e é utilizada pelos povos que habitam a ilha a mais de cinco séculos, desde a época em que os Incas ainda habitavam o local.

Isla de La Luna

Localizada a 15 minutos da Isla del Sol, a Isla de La Luna é menor em tamanho do que a primeira ilha e é um pouco menos procurada pelos viajantes.

Segundo a mitologia Inca foi dessa ilha que o deus Viracocha comandou a criação da lua e por isso ela recebeu esse nome. Viracocha é uma das divindades mais importantes do panteão Inca, pois é tido como o criador de todas as coisas.

A atração mais importante da ilha é um espaço chamado Palacio de las Vírgenes, “Iñak Uyu” ou Casa de las Escogidas Vírgenes del Sol.

Este edifício encontra-se relativamente bem conservado e conta com 35 quartos, todos eles com portas bem muito bem elaboradas e uma arquitetura requintada.

Na frente dos quartos, encontra-se uma esplanada em que se realizavam as cerimônias religiosas em homenagem ao deus Sol. Histórias contadas pelos nativos relatam que nesta ilha se encontravam as mais belas mulheres Incas.

Islas Flotantes de Uros

No Titicaca também encontramos as Islas Flotantes de los Uros, ilhas artificiais construídas com totora, uma planta que nasce no lago, pelos povos que ali habitavam quando da chegada dos espanhóis.

Copacabana

Eles construíram essas ilhas para se proteger da invasão espanhola e seus descendentes permanecem morando nelas no meio do lago até hoje, o que contribuiu para preservarem sua cultura quase que intacta. Algo muito singular.

Conheça a Copacabana nas margens do Titicaca

Copacabana é uma cidade muito peculiar, já que ali podemos observar e vivenciar a cultura mais tradicional e característica do povo boliviano. Mesmo sendo um destino turístico já consolidado na América Latina, ainda é pouco conhecido do grande público no Brasil.

Seguro viagem geral 300x250

Toda a simplicidade, tanto da cidade, como dos nativos, é representação forte de como é a experiência nessa cidade: simples, mas bela e muito marcante. Difícil não se apaixonar por Copacabana.

Gostou de conhecer a Copacabana boliviana? Então deixe sua curtida abaixo e compartilhe essas informações com seus amigos em suas redes sociais.

E se já esteve no Lago Titicaca, conte abaixo nos comentários como foi sua viagem. Quanto mais divulgarmos esses incríveis destinos latinos-americanos, mais pessoas saberão que é possível viajar sem gastar muito.

E o melhor de tudo: eles estão aqui do nosso lado, são nossos vizinhos. Boa viagem!


Seguro ViagemReal Seguro

Hospedagem Booking

Passagem Aérea – Passagens Promo