Santiago, a capital do Chile, é a maior cidade do país e conta com paisagens simplesmente incríveis à sua volta. Isso porque ela é contornada pela Cordilheira dos Andes, a mais extensa cadeia montanhosa do mundo. 

Seguro viagem geral 300x250

O que torna Santiago tão peculiar, é o fato de que ela é uma grande cidade, mas não perdeu a sua essência nativa, cultural e histórica. Se você está planejando uma viagem para conhecê-la, pode ter certeza que valerá cada centavo investido.

Um pouco de história

Fundada por espanhóis em 1541, quando foi chamada de “Santiago de Nueva Extremadura”, em homenagem ao patrono da Espanha, Apóstolo Santiago. O local foi eleito pelos espanhóis por apresentar clima mais ameno, além de ficar próximo ao Rio Mapocho.

Além disso, o Chile também era povoado por Incas ao norte e pelos índios mapuches ou araucos ao sul. Santiago, inclusive, foi parcialmente destruída pelos nativos no mesmo ano de sua fundação.

Santiago foi palco da Guerra da Independência, que acorreu no Chile até 1818. Após a conquista da independência, foi nomeada capital e se tornou a cidade mais importante e expressiva do país. 

Embora a economia tenha alavancado a partir do século XIX, Santiago só começou a se modernizar em 1930, com a edificação do Bairro Cívico. E é em 1940 que passa a ser chamada de “Grande Santiago” por conta do seu crescimento, arquitetônico e populacional.

Uma cidade para todos os perfis de viajantes

Sabe o que torna Santiago simplesmente única? Além dela contar com diversas atrações únicas e que podem ser percorridas praticamente a pé, a cidade “está logo ali”, bem pertinho do Brasil e ainda não exige nem passaporte e nem visto de entrada para viajantes brasileiros.

Para os que visitam Santiago por um curto período, a cidade deixa aquele “gostinho de quero mais”, pois é um destino perfeito para os mais variados perfis de viajantes. Seja visitando-a sozinho ou com amigos em um mochilão, seja com sua família ou em lua de mel, você se encantará com o que vai conhecer por lá.

Santiago chile Concha Y Toro
Salão da Vinícola Concha Y Toro em que o vinho produzido fica repousando em barris de carvalho – Foto: Expedia

Ela dispõe de uma infraestrutura muito boa para o turismo, contando com vários museus, praças, parques, roteiros de visitas a vinícolas, culinária peculiar, estações de esqui próximas e muito mais.

O clima na cidade

Sobre o clima, Santiago pode apresentar “duas faces”: uma no verão, com dias quentes, belas paisagens e vida noturna agitada. Outra no inverno, estação com dias bem frios, nos quais as montanhas ficam cobertas por neve e os bares convidativos para provar uma deliciosa combinação: vinho e fondue.

A temperatura média anual na cidade é de 14°C e o período que mais chove é no mês de junho. Mesmo que você opte por visitá-la no verão, recomendamos levar agasalhos, já que é comum a noite a temperatura cair.

Agora, se for para lá no inverno, se prepare para um frio daqueles e leve tudo o que for necessário para suportar temperaturas de até 5°C. Não esqueça de colocar na mala luva, cachecol, gorro, e casacos bem quentes.

Quantos dias ficar em Santiago?

Embora Santiago não seja um destino que exija muitos dias para ser conhecido, você deve levar em consideração que uma viagem com partida de São Paulo ou Rio de Janeiro, levará aproximadamente quatro a cinco horas de voo até lá.

Seguro viagem geral 300x250

Assim, é interessante que você reserve ao menos 5 dias para que possa conhecer com calma os principais pontos turísticos só da cidade. Se puder viajar com mais tempo, recomendamos ao menos 10 dias, sendo 4 para Santiago, 2 para o Vale Nevado, 2 para Vinha del Mar e mais 2 para Valparaíso.

Transportes e conversão de moedas

Ao chegar em Santiago, você terá várias opções de transportes até o hotel, como táxis – que são tabelados e custam entre US$ 30 e US$ 35 dólares até o centro. Também poderá contar com transfer, metrô, ônibus ou até mesmo poderá alugar um veículo, caso se sinta confortável para dirigir em outro país. 

Em relação à moeda, definitivamente não compensa comprar pesos chilenos no Brasil. Leve reais ou dólares e terá mais vantagens para trocar a moeda na cidade. Cada 1 real vale 190 pesos chilenos, já 1 dólar vale 600 pesos.

Não perca tempo e conheça Santiago do Chile

Quem visita Santiago retorna. Esse é um fato recorrente e também não é por menos. A cidade oferece opções para todos os tipos de viajantes: desde atividades históricas, culturais e gastronômicas, passando por belezas naturais, turismo de aventura com montanhas, cânions, lagos e picos nevados.

Muita gente considera essa capital como um dos destinos mais completos da América Latina. Sem contar que essa é uma viagem acessível e que não precisa ser muito longa.

Outro ponto positivo é que você não precisará investir valor alto em passagens áreas, hospedagens e passeios. Tão pouco em atividades turísticas e restaurantes. Santiago é uma capital democrática e acessível para os mais variados perfis econômicos de turistas.

Seguro viagem geral 300x250

Outro ponto que facilita muito para se planejar uma sua viagem até Santiago, está no fato de que nós brasileiros, não precisamos tirar um passaporte para ir ao Chile. Basta apresentar na imigração seu documento de identidade oficial, expedido há pelo menos 10 anos.

E ai, se convenceu de que vale a pena viajar para Santiago? Você não vai se arrepender! Se gostou das nossas dicas, compartilhe este artigo nas suas redes sociais. E para quem já visitou essa incrível capital latino-americana, deixe seu comentário abaixo com dicas para nossos leitores. Até a próxima!


Seguro ViagemReal Seguro

Hospedagem Booking

Passagem Aérea – Passagens Promo